DIGITE O QUE DESEJA PESQUISAR NESTE BLOG

UM POUCO SOBRE MIM...

Minha foto
Barro Alto, Bahia, Brazil
A cada dia me apaixono mais pelo trabalho com crianças com necessidades educativas especiais. Neste blog quero apresentar estratégias, informações e acima de tudo contribuições práticas para que estes sujeitos tenham possibilidades claras de aprendizagens. Confiram!!! Minhas credenciais: Sou Pedagogo; - Psicopedagogo Clínico e Institucional; - Assistente Social CRESS-Ba 8283.

Quando procurar um Psicopedagogo?

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

O desenho em episódios

O DESENHO EM EPISÓDIOS
O desenho em episódios (Le dessin à épisodes), também chamado «Um dia de descanso» (Une journée de loisir) - como já mencionado na apresentação da técnica «Os quatro momentos de um dia» - é uma prova que foi aplicada por A. Jaeggi no Serviço Médico-Pedagógico de Genebra, mas o autor é desconhecido.
Mesmo assim, cabe mencionar que esta prova foi ensinada na Argentina pela Dra. EIsa Schmid Kitsikis em 1981, na oportunidade em que proferiu dois seminários: "O funcionamento mental: desenvolvimento normal e patológi¬co" e " O psicodiagnóstico do funcionamento mental" no Centro de Estudos Psicopedagógicos.
Posteriormente a Dra. Schmid-Kitsikis incluiu esta prova como um recur¬so diagnóstico privilegiado em sua obra "Théorie et clinique du fonctionnement mental".
I. Objetivo
Segundo esta autora, a finalidade do desenho dos seis episódios consiste em "00. delimitar a permanência.de. 00 [ a]. .. identidade psíquica em função da análise da qualidade dos afetos expressados em relação com o tema escolhido, a articulação dos aspectos sociais e relacionais, a organização do raciocínio, a estabilidade das referências internas através dos sistemas e dos movimentos de identificação utilizados".
2. Materiais
Uma folha de papel (A4) dobrada em seis partes
Um lápis preto
3. Procedimento
O procedimento consta de três pal1es:
3.1. Dobrar a folha diante do sujeito
3.2. Dar uma ordem: "Você vai desenhar uma história. Um menino (uma menina, segundo o sexo do sujeito) tem todo o dia livre para ele (de descanso). Oesellhe para mim o que ele vai fazer desde o momento em que se levanta de manhã e sai de sua casa (indicar a parte 1, em cima à esquerda) até o momento em que volta novamente para casa (mostrar a parte 6 embaixo à direita).
3.3. " é permitido que o entrevistado desenhe sem. .. [intervenções do en¬trevistador]. .. posteriormente se solicita ao sujeito que conte o que desenhou".
A Ora. Schmid Kitsikis menciona que "O desenho em episódios" pode ser aplicado desde 4 anos de idade.
Fundamentos
Também a Ora. Schmid-Kitsikis considera que: "Em relação à situação de brincadeira, o desenho tem a vantagem de "chamar" o mundo interno do sujeito sem a exigência de utilizar qualquer classe de objetos... [como]. .. intermediários para a elaboração e organização de conteúdos, para a expressão de afetos, para a planificação de procedimentos...".
Esta técnica permite distintos eixos de interpretação:
- a representação do tempo e do espaço
- o tema
- os afetos
- os elementos relacionais e sociais
- os movimentos identificatórios (identidade e identificação).
O tempo e o espaço podem ser observados através da transformação ou não dos objetos com vida (árvores, flores),. de estados do tempo (sol, nuvens. chuva), das estações (primavera, verão, etc). O tema pode ser único, com um critério estável ou não, enquanto os afetos simples ou complexos, os elementos relacionais e sociais adequadamente ou não elaborados em termos de comunicação e movimento, assim como também com uma tendência em direção aos objetos inanimados ou animados. Os movimentos identificatórios que em termos Piagetianos consistem em um processo com duas vértices solidárias: a identificação do mundo externo e a constituição da identidade do próprio elL são observáveis em função do contexto total do desenho e do comentário posterior.

BIBLIOGRAFIA:

VISCA. Jorge. Técnicas Projetivas Psicopedagógicas e Pautas Gráficas para sua interpretação. 1ª edição - Bueno Aires: Visca & Visca, 2008.







UM MUNDO MELHOR SE CONSTRÓI EM MUTIRÃO

Nenhum comentário: